quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Um móvel de outra época

A cômoda que fica no "Quarto do Rapaz" em nossa casa histórica:
provavelmente um móvel do estilo "Império".


Que nosso acervo possui peças de mobiliário das mais interessantes dos séculos XIX e XX, todos já sabem. É comum encontrar admiradores dessas peças entre nossos visitantes e eles tanto apreciam os conjuntos de cadeiras e canapés em madeira e palhinha quanto pequenas mesas e armários, acessórios ao mobiliário principal. Neste post destacamos uma peça em especial: a cômoda que fica no chamado "Quarto do Rapaz", representando os quartos que foram destinados aos filhos de nosso patrono, Benjamin Constant. Apesar do casal Benjamin e Maria Joaquina terem tido três meninos - Leopoldo Henrique, Claudio e Benjamin Constant Filho - apenas o último viveu até seus 30 anos de idade, sem deixar herdeiros. Os outros dois meninos faleceram ainda crianças.

Cômoda em estilo "Dona Maria I", anterior ao estilo "Império" no Brasil.

A descrição do móvel em nossos registros é bem detalhada: "De formato retangular. Tampo em mármore branco rajado emoldurado, com arestas arredondadas. Quatro ordens de gavetas emolduradas com frisos, sendo a primeira com duas gavetas menores e as três seguintes maiores sobrepostas; com puxadores em metal, com argolas e espelhos de fechaduras embutidos. Base em degrau com arestas arredondadas. Pés frontais circulares e traseiros retangulares.". Comparando-a com outras peças também confeccionadas no século XIX, concluímos que se trata, provavelmente, de um modelo estilo "Império Brasileiro".

"Napoleão cruzando os Alpes" de Jacques-Louis David (1801-1805),
um dos quadros mais famosos que retratam o imperador francês.

Os móveis estilo "Império" nasceram na França de Napoleão Bonaparte, logo após a Revolução Francesa, no período conhecido como "Diretório", por volta de 1795. Teve sua fase áurea durante o Império Napoleônico propriamente dito - de 1804 a 1813 - e continuou em voga por mais uns 10 anos, sendo de uso corrente em quase toda a Europa. Já no Brasil este estilo chegou um pouco mais tarde, com adaptações próprias ao nosso clima tropical, tais como a substituição de madeiras - que continuaram a receber camadas de verniz fino e brilhante. Outros detalhes mais trabalhados também se tornaram mais simples, mais de acordo com nosso país, uma colônia tropical. Esses móveis aparecem por volta de 1820 e fazem uma ligação entre os estilos "Dona Maria" e "Vitoriano" e são dos mais bonitos de nosso rico repertório do Brasil Colônia, Império e mesmo do período Republicano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar. Sua visita é muito importante para nós!