quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Revendo 2015

Dois dos tucanos que visitam nossas árvores: neste ano, um pequeno registro.

Um ano como nenhum outro. Claro, dirão todos, todo ano é diferente do outro... Mas, sem dúvida, 2015 ficará registrado em nossa história como um ano diferente. Um tanto sofrido, um tanto ansioso, mas ainda assim, um ano de realizações. Neste post fazemos nossa pequena retrospectiva do ano, trazendo apenas algumas poucas lembranças registradas em nosso blog. Vamos a ela?

Em janeiro, poda parcial no parque.

Um dos principais trabalhos que realizamos neste ano foi a poda parcial que efetuamos em nosso parque. Muito ainda precisa ser feito, mas este foi um início do que se planeja para mantê-lo em perfeitas condições de fruição por parte de todos - inclusive da fauna "doméstica", que nos brinda com visitas diárias!

A já famosa Escadaria do Selaròn
Em março, nossos recepcionistas (e turismólogos) Ariana Santos e Paulo Ribeiro fizeram uma pequena e interessante pesquisa sobre a Escada do Selaròn, um dos principais pontos turísticos de Santa Teresa, que não é bem sinalizado. Quem é do bairro sabe, mas quem chega de longe e quer visitar a atração acaba "se perdendo" em meio a tantas ruas, vielas e ladeiras de nosso bairro. E por isso a dupla "colocou a mão na massa", como se diz, e mostrou inclusive como se chega no local partindo do Centro da cidade ou de nosso Museu Casa.

O Passaporte dos Museus Cariocas: um sucesso!

Em abril o destaque fica por conta do Passaporte de Museus: iniciativa da Prefeitura da cidade e do Comitê Rio 450 anos, em parceria com o IBRAM - autarquia a qual somos vinculados - obteve muito sucesso e muita procura. A população ficou instigada por ter o seu e por "carimbá-lo" em todas as instituições culturais que aderiram a ele, inclusive nosso museu. E, em 2016, tem mais! Aguardem...

Em abril. o outono chegou.

No mesmo mês fizemos um belo registro do outono que vinha chegando em nosso parque. Com as mudanças climáticas as estações do ano estão um tanto confusas mas, pelas imagens, dá para notar que um ventinho frio e um pouco mais de umidade no ar estava "fechando o verão".

A Banda "Elektromato" tocou no evento da Semana de Museus

Em maio, a 13ª Semana de Museus movimentou nosso parque: com o tema "Museus para uma Sociedade Sustentável", convidamos o Núcleo Santa Teresa da Rede Ecológica a criar um evento com atividades que envolvessem diversos aspectos da sustentabilidade. De caminhada ecológica por nossas trilhas a palestra sobre reaproveitamento de água da chuva, houve de tudo um pouco, inclusive venda de orgânicos e degustação de "Alimentos Vivos". Foi bom vivenciar vários aspectos do tema, tão em evidência em todo o mundo, e verificar que temos caminhado na direção de uma vida mais de acordo com nossos recursos naturais, apesar de ainda faltar muito para um perfeito equilíbrio.

Palestra sobre nosso preservação e conservação de nosso acervo no Forte de Copacabana.

Em junho, a convite do Museu Histórico do Exército e da sociedade museológica da cidade, participamos da 19ª Jornada Técnica, que teve como temas a preservação e conservação de acervos museais. A museóloga Elaine Carrilho, nossa diretora, proferiu palestra sobre o assunto no auditório do Forte de Copacabana, atraindo muitos profissionais e estudantes da área.

Durante a Oficina de Barrogravura, adultos e crianças deixaram sua marca na argila.

Em julho o já consagrado "Arte de Portas Abertas" trouxe a nosso museu três oficinas que arrebataram adultos e crianças: a artista plástica Cristina Felício mostrou como se trabalha com Barrogravura e o trio formado pela artesã e bordadeira Miriam Freitas e pelas arte educadoras Beth Araújo e Martha Loureiro comandou dois encontros: para crianças, fazer Brinquedos de pano, foi uma maravilha. À tarde todos se inspiraram para criar "Paineis Poéticos". Tudo com reciclagem de tecidos, linha, agulha e cola.

Marcos Lopes, historiador, e Murilo Haiter, estagiário no verdadeiro
mutirão" de profissionais que está reorganizando a Igreja Positivista.

Em agosto nosso museu se engajou num trabalho muito importante: a recuperação do chamado "Templo da Humanidade", a Igreja Positivista, cuja sede encontra-se no bairro da Glória, aqui no Rio, na rua Benjamin Constant"! Sem os cuidados adequados, peças de arte e documentos que contam um pouquinho sobre nossa história no século XIX estavam se perdendo. Até mesmo uma parte do teto da construção desabou, e como Benjamin Constant foi um dos expoentes desta filosofia nos sentimos compelidos a colaborar com o que fosse necessário. Nosso historiador, Marcos Lopes, participou ativamente de todas as atividades, inclusive ajudando na "faxina geral" a que o lugar foi submetido.

Marcos Lopes montando a vitrine sobre Rondon para a Primavera de Museus.

Em setembro a Primavera dos Museus teve como tema "Museus e Memórias Indígenas" e tivemos o prazer de mostrar uma peça pouco lembrada de nosso acervo: a máscara mortuária do Marechal Rondon, pioneiro na lida com os silvícolas e desbravador do território nacional. Uma personalidade e tanto que esteve no rol de alunos ilustres de nosso patrono. Além de aluno, Rondon era amigo da família de Benjamin, estando sempre presente em sua casa histórica com sua família. A máscara que fez parte de uma pequena mostra em nosso museu foi presenteada pela família do militar, como se fazia antigamente.

Na comemoração do V Centenário de Santa Teresa teve leitura de poesias...
... e canto coral: eventos muito emocionantes.


Em outubro houve muita festa por aqui: além das comemorações do V Centenário de Santa Teresa também é aniversário de nosso museu e recebemos muitos amigos que nos prestigiaram: no dia 17, uma leitura de poesias de Santa Teresa e outros importantes autores espanhois de todos os tempos por parte do grupo "Poesia no Parque" foi o destaque. No dia 18, data de nosso aniversário, tivemos o prazer de receber o coral "Encanta Santa", cuja performance inesquecível ficará retida em nossos imagens e sons de nosso museu. Há muito tempo a casa de Benjamin Constant não via tanta gente curtindo arte da melhor qualidade!

A apresentação de "República - Era de Herois"

No mês da República, outro ponto alto de nosso ano: o ótimo espetáculo "República - Era de Herois" aportou em nosso parque bem no dia 15 de novembro. Com bom humor, conteúdo, e muito da boa música brasileira de todos os tempos, o grupo "História Através da Música" apresentou alguns dos nomes mais importantes de nossa República, aí incluindo, claro, Benjamin Constant.

E o Ballet de Santa Teresa fez sua confraternização de final de ano aqui, em nosso parque.

E quando o mês de dezembro chega a sensação é a de que muito fizemos, mas que o novo ano que já vem logo ali vai nos trazer muitos afazeres, notícias, histórias e descobertas. Esperamos contar com sua presença, seja fazendo caminhadas em nosso parque, seja visitando nosso museu casa, seja lendo nosso blog, seja interagindo através de nosso Facebook. Vamos nos conectar?

Desejando a todos um FELIZ NATAL 
e um ANO NOVO da melhor qualidade!

Nota Importante: estaremos em RECESSO nas mídias sociais entre 24/12/2015 a 15/03/2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar. Sua visita é muito importante para nós!